Domingo, 23 de Fevereiro de 2020

Buscar  
Noticías

Publicada em 13/02/20 às 08:36h - 50 visualizações
Paraná participa de encontro com ministro da Economia

Agência Estadual de noticias


 (Foto: Google images)

O secretário estadual da Fazenda, Renê Garcia, participou nesta quarta-feira (12), em Brasília, da reunião do Conselho de Política Fazendária (Confaz), com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes. No encontro com secretários estaduais da Fazenda, o ministro propôs reuniões periódicas para discutir a reforma tributária e os encargos de cada ente da federação.

Por seu lado, disse Guedes, o governo federal vai enviar, dentro de duas semanas, proposta de revisão de tributos federais, como PIS, Cofins e IPI, para ser discutida no Congresso Nacional.

O secretário Renê Garcia afirmou que o encontro foi muito produtivo e que o ministro demonstrou estar aberto ao diálogo e conclamou a todos a estudar juntos a questão, identificando áreas de interesse comum e redigindo proposta que amplie a base de contribuição e de base de cálculo sem aumentar encargos sobre a população.

De acordo com ele, a reunião foi agendada na última sexta-feira para discutir os projetos ligados ao conjunto de PECs reunidas no programa Mais Brasil – PEC Emergencial, do Pacto Federativo e dos Fundos da União.

Quanto às reuniões periódicas com o Ministério da Economia, a ideia é discutir eventuais gargalos da Reforma Tributária.

De acordo com o presidente do Comsefaz, Rafael Fonteles, secretário da Fazenda do Piauí, os grupos de trabalho vão discutir a junção das pautas do Governo e dos Estados às propostas de Reforma Tributária em tramitação na Câmara e no Senado – a PEC 45/19 e a PEC 110/19.

Os grupos de trabalho serão compostos por secretários de Fazenda e técnicos do Ministério da Economia. A ideia é que as agendas da Reforma Tributária e do Pacto Federativo andem juntas, porque envolvem mudanças que podem se complementar, como a compensação para os Estados que terão perdas.

“A junção de todos os impostos sobre consumo é, a nosso ver, a forma mais eficaz de simplificar e padronizar o sistema tributário brasileiro e, assim, destravar investimentos que estão parados muito em decorrência do caos e da complexidade que é o modelo de tributação do país”, observou Fonteles. Segundo ele, o ministro Paulo Guedes não colocou objeção à junção dos impostos federais com estaduais e municipais.

O ministro, que preside o Confaz, disse que pretende discutir uma agenda conjunta para a Reforma Tributária e apresentar propostas para o Pacto Federativo, que prevê a descentralização de recursos para os entes federativos.

GOVERNADORES - No dia anterior, com os governadores, Guedes propôs a criação de um mecanismo para compensar os Estados que perderem receitas com a aprovação da reforma tributária. Ele garantiu aos secretários que nenhum Estado vai perder recursos. Os que perderem arrecadação com a reforma vão receber parcela maior na divisão de recursos do pacto federativo.

Também participaram o secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto; o secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues Jr., e o secretário do Tesouro, Mansueto Almeida.

O presidente do Comsefaz, Rafael Fonteles, disse ao final da reunião que foi acertada a formação de grupos de trabalho para discutir a junção das pautas do Governo e dos Estados às propostas de Reforma Tributária em tramitação na Câmara e no Senado – a PEC 45/19 e a PEC 110/19.

Os grupos de trabalho serão compostos por secretários de Fazenda e técnicos do Ministério da Economia e se reunirão periodicamente. Ficou ainda acertada reunião mensal com o ministro para discutir as reformas e articulação com o Congresso para fazer as reformas andarem, juntamente com as PECs do Plano Mais Brasil, que inclui a reformulação do Pacto Federativo.

O ministro explicou que a proposta do governo poderá ser acoplada aos textos que já estão em discussão no Congresso. A primeira etapa vai trazer a unificação de PIS e Cofins, com a criação do chamado IVA (Imposto sobre Valor Agregado) Dual –que abrange tributos federais, mas permite a adesão de estados.

Fonte: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=105712&tit=Parana-participa-de-encontrocom-ministro-da-Economia




Fan Page

Hora Certa

Peça sua Música

  • marcelo
    Cidade: palotina
    Música: buate azul
  • elen
    Cidade: palotina
    Música: viva voz lauana prado
  • marcelo
    Cidade: palotina
    Música: baitaca fundo da grota
  • marcelo
    Cidade: palotina
    Música: baitaca fundo da grota
  • reinaldo
    Cidade: palotina pr
    Música: Dance mokei
  • reinaldo
    Cidade: Palotina pr
    Música: Dance Moquei
(44) 9 9750-3535

Agenda



Nenhum Evento cadastrado



Top Música
1
Alma Ferida
Chitãozinho e Xororó
2
Vai viver a sua vida
Eduardo Costa
3
Não preciso de você
Eduardo Costa
Enquete
Como você ouve a Palotina Fm?

 Pelo Aplicativo
 Pelo Rádio 87.9 Mhtz
 Pelo Site
 Outros

Chat dos Ouvintes

Digite seu NOME:


Parceiros

Palotina Fm - Rua General Rondon, 1019 - Centro - Palotina PR
Copyright (c) 2020 - Rádio Palotina FM - Todos os direitos reservados